Questão: Que dia que o Messi vai sair do Barcelona?

Quanto tempo o Messi está no Barcelona?

Desde então, foram 17 temporadas no Barça, 778 jogos, 672 gols, 272 assistências e 34 títulos, entre eles: 4 Uefa Champions League. 3 Mundial de Clubes. 10 Campeonatos Espanhóis.

É verdade que o Messi vai sair do Barcelona?

Daquele dia (mesmo que informalmente) até 30 de junho de 2021, Lionel Messi foi jogador do Barcelona. A partir desta quinta (1º), pela primeira vez em 21 anos, ele não tem qualquer compromisso com a equipe catalã. Seu contrato terminou nesta quarta (30). O fim do vínculo não significa que ele deixará o Barcelona.

Quem vai ficar no lugar do Messi no Barcelona?

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira que Sergio Busquets será o novo capitão da equipe para a temporada 2021/2022. O volante de 33 anos usará a braçadeira que pertencia a Lionel Messi desde 2018, quando o craque argentino assumiu o posto que era de Andrés Iniesta, que foi para o Japão.

Quanto o Barcelona ganhou com a saída do Messi?

A saída de Messi pode diminuir o valor de marca do Barcelona em 11%, o que significa que o clube pode perder 137 milhões de euros (cerca de R$ 842 milhões) dos 1,26 bilhão de euros (R$ 6,9 bilhões) da sua avaliação de 2021.

Quantos títulos Lionel Messi ganhou no Barcelona?

Messi ganhou tudo pelo Barcelona. Foram três títulos do Mundial de Clubes, quatro da Liga dos Campeões da Europa, dez do Campeonato Espanhol, sete da Supercopa da Uefa, oito da Supercopa da Espanha e sete da Copa do Rei.

ISSO SIGNIFICA:  Quais as modalidades que a Ginástica engloba?

Porque que o Messi não sai do Barça?

Apesar de o argentino ter aceitado uma redução perto de 50% do seu salário anual, perto dos 70 milhões de euros (cerca de R$ 426 milhões), ainda não foi o suficiente para ser acomodado nas regras espanholas. Na nota em que confirmou a saída de seu maior ídolo, o Barcelona citou “normativas econômicas e estruturais”.

Para qual time Messi pode ir?

Paris Saint-Germain (FRA)

Um dos destinos que mais pode atrair o argentino é o PSG. Além de ser um dos poucos clubes no mundo que podem pagar o salário do jogador, o time francês montou, nos últimos anos, um esquadrão com vários fcraques para conquistar a Champions League.